Alcance sua independência financeira!

Assine Nosso Feed!

  • Receba artigos e informações valiosas para se destacar no mercado financeiro e ganhar dinheiro.
  • Fique tranquilo(a), sua privacidade será respeitada.


  • segunda-feira, 16 de julho de 2012

    O que é o CDB?

    Os CDB's são uma modalidade de investimento pouco conhecida e principalmente pouco entendida pelos investidores em geral. Neste post iremos bater um papo sobre mais esta forma de fazer o dinheiro render.



    Afinal, o que é esse tal de CDB?

    A sigla CDB significa Certificado de Depósito Bancário. Ele é um título privado emitido pelos bancos e vendido aos clientes como forma de captação de recursos. Deste modo, o banco vende o CDB para o cliente (empresta dinheiro do cliente), assume a obrigação de pagar juros pelo dinheiro emprestado e este dinheiro captado é utilizado  para o empréstimo à outras pessoas e empresas. Muitas vezes este dinheiro é utilizado para dar conta do fluxo do cheque especial.

    Os juros pagos ao credor (que é o cliente que comprou o CDB) vão variar de acordo com alguns fatores, sendo o mais importante a lei da oferta e procura. Assim, quanto mais dinheiro o banco precisar maiores serão os juros a serem pagos.

    Os CDB's podem ser pré e pós-fixados. Como o próprio nome diz, os juros a serem pagos nos títulos pré-fixados são acertados no ato da contratação. Já os pós-fixados dependem do índice a ser utilizado para a formação do rendimento. Geralmente utiliza-se o CDI (Certificado de Depósito Interfinanceiro). Uma coisa que eu nunca entendia era quando alguém falava que o CDB iria render, por exemplo, 80% do CDI. Agora ficou claro!

    Riscos do investimento

    O CDB é considerado uma aplicação de renda fixa e seu risco é baixissimo. Os CDB's são cobertos pelo FGC (Fundo Garantidor de Crédito) do Governo Federal que em caso de algum problema ressarce o cliente em até R$ 70.000,00 por CPF e instituição financeira. Assim, o maior risco do CDB é quanto a solidez do banco que emitiu tal título. Se você tiver investido R$ 100.000,00 e o banco falir você só receberá R$ 70.000,00.

    Prazos

    Os prazos sempre giram em múltiplos de 30 dias, variando dos 30 dias até 1080 dias.


    Conclusão

    Deste modo vemos que o CDB é uma importante forma de diversificação, sendo bastante indicado para os investidores que não gostam de correr riscos.

    E você leitor, investe em CDB's? Conte-nos sua experiência com esta modalidade de investimentos!

    Um grande abraço a todos!

    Créditos da imagem: http://www.freedigitalphotos.net
    Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

    10 comentários:

    1. Respostas
      1. Muito obrigado Jônatas! Um grande abraço!

        Excluir
    2. Bem explicado, só lembrando que os Cdb's de bancos médios rendem mais e também tem cobertura do FGC então se pode lucrar mais com a mesma garantia dada pelo governo. Abraço!!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Olá Leko! Você está correto. Por terem maior necessidade de financiamento os bancos menores tem CDB's com rentabilidades maiores. Novamente a lei da oferta e procura se afirma. O Fundo Garantidor é importante, mas devemos lembrar que existe o limite de R$ 70.000,00. Um grande abraço e muito obrigado pela participação!

        Excluir
      2. Vale lembrar que o pagamento pelo FGC não é imediato, no caso de insolvência. Se você dá mais valor à liquidez (que é o meu caso), prefira investir em bancos mais sólidos a correr riscos. Por exemplo, no caso do Banco Santos, conheci gente que esperou vários anos até ser restituído, porque o procedimento é bastante moroso e complexo.

        Excluir
      3. Olá Mauricio! Obrigado por complementar as informações! Um grande abraço!

        Excluir
    3. Olá, tenho uma dúvida, tenho uma quantia depositada no cdb de rendimento diário, ao final de trinta dias, sempre procuro tirar o dinheiro que rendeu, e deixar oq ue foi aplicado, porém, quando o faço, eu só tiro do dinheiro de aplicação e o rendimento é zerado
      Você pode me ajudar?

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Olá nonsense! Tudo bom? Obrigado pelo comentário. Eu não consegui entender bem a situação. Por favor envie uma mensagem no menu de "Contato" do blog para que possamos tratar a situação de forma mais clara e eu possa lhe ajudar. Um abraço!

        Excluir
    4. e como funciona caso eu precise usar uma quantia pequena do que investi?

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Olá! Tal qual alguns investimentos de renda fixa, a retirada antes do vencimento do ativo pode levar o investidor a diminuir a sua rentabilidade ou mesmo até a ter prejuízo. Geralmente as conseqüências das retiradas estão explicitas nos contratos e não devem ser negligenciadas.

        Excluir